24 HORAS

Av. Francisco José de Camargo Andrade, 111 - Campinas

contato@hospitalverlengia.com.br

(19)3242-2408

Artigos

Adotar um gato agressivo será bom para você?

Publicado em 28 de agosto de 2015

img2Adotar pets abandonados, maltratados e resgatados é uma causa nobre e facilmente abraçada pelos amantes dos animais. Mas há ressalvas em adoções de pets com um passado conturbado, e donos em potencial nunca deveriam levar esse tipo de pet para casa de modo impulsivo, sem considerar todas as consequências, não só para o animal, mas também para eles mesmos, suas famílias e seus outros pets. Somente após considerações sobre o trabalho necessário para cuidar desse animal, sua alimentação, abrigo e socialização é que se deve adotar um pet desse tipo. Isto é particularmente verdadeiro em se tratando de gatos agressivos.


De muitas maneiras não é um gato agressivo típico. Ao contrário de seus colegas ainda selvagens que andam por aí, sem casa e muitas vezes com fome, ele agora tem uma casa. Quando seus donos chegam em casa à noite, ele corre para recebê-los e se esfrega contra seus tornozelos pedindo carinho. À noite, ele dorme enroscado em uma antiga poltrona na varanda ou em cima de um fardo de feno no celeiro com os outros gatos da fazenda pelo calor e a companhia. Na verdade, a única coisa que o distingue de seus companheiros felinos é uma "marca" que o identifica como gato agressivo: a ausência da ponta de sua orelha esquerda, removida cirurgicamente pelo veterinário que o castrou como parte de um programa de castração a baixo custo para gatos agressivos. (a ausência da ponta da orelha informa que foi castrado).
A primeira pergunta que muitas pessoas fazem quando consideram adotar um gato agressivo é se ele poderá ser domesticado com sucesso. A resposta, que quase nunca ajuda muito, é que depende. Um fator chave é a idade do gato agressivo quando ele é capturado. Geralmente, quanto mais jovem o gato, maior será a chance de ele ser domesticado com sucesso. Um filhote de gato agressivo que foi resgatado com a idade de seis a oito semanas, vacinado, castrado em uma idade apropriada, tem as mesmas chances de se tornar parte de uma família do que filhote de gato.
Gatos agressivos que ficaram por conta própria na natureza durante muitos anos, possivelmente tendo pouco ou nenhum contato com humanos, são candidatos ruins para a domesticação. Outro fator é o ambiente. Se você mora em um apartamento pequeno na cidade e quer um gato que fique dentro de casa, um gato agressivo não é a melhor escolha. O gato se sentirá deprimido e não demorará muito para você e seu apartamento serem rasgados em pedaços. Se você mora em uma fazenda, por outro lado, e está procurando um gato de celeiro para controlar a população de roedores, um gato agressivo será ideal para você desde que ele interaja bem com os outros gatos que você tiver. Finalmente, há a questão do sexo.
Machos não castrados tendem a ser mais agressivos do que as fêmeas; mas uma vez castrados, ambos os sexos tem a mesma chance de serem domesticados com sucesso.
Se você decidir que você poderá fornecer um bom lar adotivo para um gato agressivo, por favor, entre em contato conosco. Muitos abrigos fazem eutanásias de rotina nos gatos agressivos adultos, pois seu potencial para adoção é muito limitado em comparação com filhotes. Depois que você tenha encontrado um bom gato adulto ou filhote, tome as seguintes ações:
Antes de levá-lo para casa, leve o gato para ser examinado por um veterinário, vacinado e tratado para parasitas como pulgas (que podem causar anemia nos gatos se não for tratado). A maioria dos veterinários irá aconselhá-lo a testar e vacinar o gato que você está adotando, especialmente se você já tiver outros em casa.
Seja paciente enquanto estiver socializando seu gato agressivo.
Castre seu pet! Gatinhos podem ser castrados com oito semanas, e o único meio de prevenir o aumento da população de gatos agressivos é castrando para prevenir a reprodução descontrolada.
Se você tiver paciência, amor e o ambiente apropriado, seu gato agressivo pode se transformar de um gato selvagem a um gatinho carinhoso e você terá um pet bem comportado e feliz.